Lendas Urbanas:A Mulher da Boca Rasgada


No Japão há uma lenda urbana de terror ligada à odontologia. É de arrepiar...

A lenda urbana japonesa:
 Kuchisake Onna - tradução livre para o português - “Mulher da boca rasgada” 


Onde começou:
Os boatos da tal lenda urbana começaram, em algum lugar do Japão entre os anos de 1978 e 1979 e se propagou rapidamente. Tanta foi sua repercussão que em alguns estados ocorreram incidentes relacionados a ela. Fontes seguras, leia-se Shin Hayata, falam que foi no estado Gifu que a lenda teve a sua origem.

A Lenda:
Segundo relatos de alta-fidelidade, uma mulher... com roupas completamente vermelhas ... e usando uma máscara cirúrgica... surge no horário em que as crianças estão voltando da escola. A tal moça aborda a meninada perguntando:
 “Eu sou bonita?”
Se a criança responde que “sim” ela, rapidamente, tira a máscara e pergunta:
“Mesmo assim?”, revelando sua boca deformada, rasgada de orelha a orelha!!!
Se a criança responde “não”, ela mata a criança, usando uma grande tesoura para rasgar a boca de sua vitimazinha.

Como a lenda nasceu:
Dizem que a moça foi uma fugitiva de um hospício em Gifu, na década de 70.
Segundo essa teoria, uma interna do hospício da cidade de Ogaki escapava de noite e saía pela rua com a metade inferior do rosto totalmente pintada de batom, assustando algumas pessoas com quem esbarrava pelas ruas. Verdade???
Uma teoria afirma que a moça foi vitima de erros médicos, provavelmente de algum cirurgião-plástico, tentando ser um buco-maxilo!!! Mais provável...

A aparência:
Possui 130 dentes e consegue matar crianças com suas mordidas facilmente;
Os olhos são como os de uma raposa e a voz como a de um gato;
Já houve quem dissesse que sua altura passava dos 2m;
Veste-se toda de vermelho, inclusive os sapatos de salto;

Métodos para escapar da Kuchisake Onna:
Existem várias maneiras:

1 - A Kuchisake Onna adora Bekkouame.
Bekkouame é uma bala feita basicamente de açúcar queimado. Levando em conta que a talzinha tem 130 dentes, alguns devem ser cariados... ($$$)
Então, se a vítima atirar-lhe esta bala, ela se esquece de atacar e dedica-se apenas a saboreá-la!

2 - Quando a monstra lhe perguntar “Eu sou bonita?” diga “mais ou menos”. Enquanto ela avalia essa resposta a pessoa pode dar no pé e deitar o cabelo!

3 - Escrever ‘inu’ (cachorro) na palma da mão e mostrar para a deformada. Ou então, dizer duas vezes ‘o cachorro vem aí’.


Em Fukushima, carros de patrulha foram chamados diversas vezes por pessoas que, amedrontadas, diziam ter avistado a Kuchisake Onna. Naturalmente, ao chegarem no local, os policiais não a encontravam...
Em Hokkaidou, o medo das crianças era tão grande que elas só voltavam para casa em grupos organizados.
E, no país todo, crianças ficavam de castigo na diretoria por levarem as balas de caramelo escondidas nos bolsos. No Japão é expressamente proibido levar doces para a escola...

Então, quem vai encarar a menina?

Fonte: SuperNaturalBrasil 


Narração da Lenda Urbana pelo nosso parceiro Vinicius.


Comentários
0 Comentários