Creepypasta:A Segunda Casa



Eu vivo com minha mãe e meu pai e o meu irmãozinho que ainda tem so 12 
Mêses.l
Eu simplesmente estava indo para minha escola como sempre,esperando para apanhar mais uma vez como
sempre,por mim ter mais dinheiro que os outros alunos,eles amavam me bater e pegar o meu dinheiro do lanche,Meus pais haviam me botado em uma escola pública Qualquer pós eu Sempre fui de odiar os pobres,nunca gostei muito dos negros,na verdade eu nunca tive preconceito com negros eu só tenho medo deles,quando eu havia entrado na escola as pessoas viviam me olhando pós eu não havia entrado em um geito humilde,Eu estava com uma mochila Nike,que custava uns 250 dólares,E Estava com 20 dólares para o lanche,Eu não sei como mas as pessoas Parecem notar em coisas caras,Um garoto havia visto que eu estava com 20 dólares pos eu havia deixado em um bolso do lado da mochila com vários buracos pequenos,Ele me falou: - Tá cheio de Dinheiro Em,Compartilha com os novos Amigos. 
Eu Respondi:Eu não arranja seu próprio dinheiro. 
Não irei contar tudo pós se não eu iria demorar muito para terminar mas Resumindo Ele Não gostou da minha resposta e quando chegou o recreio ele começou a me bater e pegou meu dinheiro,Ae isso começou a acontecer todos os dias os amigos dele e ele me batendo,eu não achava mas é como se naquela escola pública ninguém estivesse se importando pelo que estava acontecendo,pós eu já falei para o diretor mas simplesmente ele não fez nada deixou por isso mesmo. 
Eu tinha medo de contar para minha mãe pós ela poderia achar que ele estão me batendo por mim poder estar se achando superior. 
    Quase todos dias quando eu chegava da escola eu entrava no meu quarto e começava a chorar. 
     Eu nunca Tive amigos nem nunca irei ter isso era o que vinha a minha cabeça. 
Um dia quando estava me preparando para ir para a escola eu havia decidido que iria fugir,Havia esquecido de mencionar mas minha Mãe não estava nem Ae para mim e meu pai era um empresário que trabalhava o dia inteiro e nunca tinha tempo para mim. 
Quando estava indo para escola eu havia pego outro Caminho e comecei a correr,eu havia posto em minha mochila 950 dólares para tentar sobreviver sem passar fome,eu havia chegado em uma rua estava sem ninguém comecei a andar sem rumo até achar uma casa abandonada,Era uma casa verdadeiramente chique em um estilo antigo,eu havia achado estranho parecia que ela tinha sido deixada abandonada a um dia atrás. 
    Na porta dela estava escrito Abandonada,Nos trocamos para nunca mais. Eu não tinha entendido o que aquilo queria dizer mas quando abri a porta que não estava trancada,Achei estranho pós havia vários objetos de valor dentro da casa e ninguém havia roubado-os Na verdade eu havia achado estranho demais,Eu retirei a placa,em que estava escrito abandonada e havia fechado a porta eu havia prendendo um grampo na fechadura e o prendi com uma cadeira para ninguém conseguir entrar.
  Eram 6 Hrs da Tarde,Eu havia achado um quarto bem chique que também parecia ter sido de uma criança pós havia alguns brinquedos nele,Uma outra coisa estranha foi o fato de que na casa havia eletricidade,mas quem pagava a luz?  Eu comecei a achar que a eletricidade estava sendo dada de graça,o tempo foi passando até chegar a noite 10 Hrs,Estava Vendo televisão nesta casa abandonada mágica,Até bater um sono fui dormir,eu não estava nem Ae para os meus pais,Eu Comecei a Achar que estava bem Melhor do que eu estava antes e que Fugir foi a melhor coisa que eu já havia! feito Ao Menos Por Enquanto. Eu havia acordado umas 4 Hrs Da Manhã,Estava com sono então eu não havia me importado tentei dormir de novo mas eu não consegui.
Eu comecei a ouvir vozes como se ouve-se alguém lá fora. 
Eu abri a janela do quarto mas não havia ninguém,Havia Abrindo uma janela e havia saído para fora para procurar se tinha alguém me zoando ou algo do tipo,Até que eu notei algo estranho ou céu estava cinza nublado sendo que ainda eram 4 Da manhã




Fiquei assustado,então entrei de volta para dentro,quando comecei a ouvir passos dentro da casa,
Fui ouvindo os passos e 
Seguindo eles ate que eu cheguei na cozinha e não havia ninguem,fui correndo de volta para o quarto,estava com medo,
Comecei a pensar que isso era coisa da minha cabeça e fui tentar dormir,ate que eu ouvi o barulho de um vidro se quebrando,havia saído da cama devagar
e começei a andar devagar para ver se tinha alguem,ate que ouvi uma criança chorando,fui andando ate onde o som do choro estava,havia um garotinho chorando em um quarto que estava desenhado bolinhas e o quarto era azul com branco,provavelmente o quarto de alguma criança,quando cheguei ate ele eu perguntei com medo

Quem é você
?

Por que esta 
Chorando 
?


O garotinho se levantou e começou a correr,eu fui seguindo ele ate um quarto,quando entrei o garoto havia desaparecido,e a porta se fechou,nela estava escrito 
Segunda 
Casa
Eu fiquei com mais medo do que estava antes,onde eu estava era uma sala gigante,ate que apareceu um homem,
Que estava com um 
Jaleco branco,
E com uns 
Olhos 
Azuis 
Claros

 ele chegou andando como se estivesse querendo chorar,eu falei -quem é  você
?
ele começou a chorar,ele pegou uma faca e falou assim você tem 
10 segundos para me matar,se não fizer nada eu terei que te matar,eu fiquei paranoico ele começou a contar,quando chegou no 3 ele começou a me dar leves cortes,eu sem saber o que fazer temendo pela minha vida peguei a faca e  enfiei na bariga dele com os olhos fechados eu estava com tanto medo que
começei a chorar quando abri os olhos ele havia desaparecido,eu começei a correr pela casa que era gigante chorando a  procura de uma saída,não haviam janelas para mim fugir,ate que um boneco chegou andando ate mim com a cabeça com sangue

 na verdade eu não sabia se era um boneco ou uma boneca,eu começei a gritar por socorro com medo,meus pés haviam ficado presos no chão e eu não conseguia correr,o boneco ou boneco havia pego uma faca e começou a cortar a minha mão eu gritei o tempo todo mas ninguem me ouvia,o boneco ficava me olhando com uma expressão seria,ate que cortando minha mão,ele na verdade estava cortando meu braço,não cortando meu braço o arrancando fora mas sim fazendo cortes,
Ate que ele foi e cortou meu dedão e pós
em uma tijela com outros dedos,ele botou açucar nos dedos
 depois ele pegou a tijela e saiu com o meu dedo e os outros,eu estava chorando sem parar minhas pernas eu ja conseguia mover,mas eu so fiquei parado chorando com medo,ate que o garotinho havia aparecido e me disse -Calma não chore eu não irei lhe fazer nada,você ja pode dormir,
Mas ainda ha mas algo ruim que ira lhe aconteçer.

Eu desmaiei

Acordei em casa na minha cama ja era de dia fui correndo chorando ate o quarto dos meus pais sem nem saber se
o que aconteçeu era Real,
Quando abri a porta do Quarto deles 
Eles não estavam lá,Fui procurar eles pela casa,ate que eu vi minha mãe e meu irmão no chão do banheiro mortos 
E Meu pai desapareceu

Fonte:CreepypastasMacabras
Comentários
0 Comentários